Sindicato das

Indústrias

Têxteis

Quem Somos
O Sindicato das Indústrias Têxteis do Estado do Rio Grande do Sul é a entidade de representação da categoria econômica das indústrias de fiação e tecelagem dos seguintes segmentos: indústria de cordoalha e estopa; indústria de malharia; indústria de meias; indústria de especialidades têxteis (rendas, tapetes e passamanarias); indústria de fibras naturais, artificiais e sintéticas; indústria de tinturaria; indústria de tecidos e de não-tecidos; indústria de fios, cortinas e cortinados; indústria de fiação e tecelagem em geral. Criado para dar apoio e sustentação às teses empresariais do Setor, como entidade patronal, é a organização legalmente constituída e credenciada pelo Ministério do Trabalho desde 13 de abril de 1942, para representar os interesses da Categoria, inclusive em questões judiciais ou administrativas (Art. 8º, III da Constituição Federal) e em quaisquer outras onde houver a expressa manifestação de necessidade dos associados. 
Machinery Tecido em fábrica
 
Missão
Unir as empresas do setor têxtil do Rio Grande do Sul para, através do seu fortalecimento, melhor defender os seus interesses.
Visão
Ser a melhor opção para representar e apoiar as empresas têxteis do Rio Grande do Sul.
Serviços
- Assessoria Jurídica - Prestando serviços às empresas associadas na área de relações trabalhistas e acordos coletivos de trabalho.
- Servindo de interlocutor, junto à FIERGS, nos diversos departamentos: econômico, técnico, registro de produtos e eventos.
- Divulgação de feiras e exposições do setor têxtil com o apoio do SEBRAE-RS.
- Redução da base de cálculo da alíquota do ICMS e IPI. 
 
 
Quadro de Diretores
PRESIDENTE
Ervino Ivo Renner
VICE-PRESIDENTE

Romeu Cancelli Baldissera

DIRETOR TESOUREIRO
Daniel Vianna Rocha
DIRETOR SECRETÁRIO
Annibal Di Primio Beck Neto
DIRETORES

Luiz Arthur Pacheco de Castro

CONSELHO FISCAL

Severino Adolfo Oppelt

Alexandre Lois Fontan

Mário Luís Renner

Suplentes:

João Vieira Macedo Júnior

Ângelo Luiz Contessa

DELEGADOS REPRESENTANTES JUNTO A FIERGS EFETIVOS

Ervino Ivo Renner

Romeu Cancelli Baldissera

SUPLENTES
Daniel Vianna Rocha

Annibal Di Primio Beck Neto

 
 
Sitergs completa 80 anos de atuação junto às indústrias têxteis do RS
Divulgação: 13/04/2022

Entidade foi criada com o objetivo de representar os interesses da categoria, incluindo questões judiciais e administrativas

Há 80 anos, iniciavam os trabalhos do Sindicato das Indústrias Têxteis do Estado do Rio Grande do Sul, que, naquela época, foi batizado como Sindicato das Indústrias de Fiação e Tecelagem no Estado do RS. A entidade foi legalmente constituída e credenciada pelo Ministério do Trabalho em 13 de abril de 1942. O objetivo sempre foi o de representar os interesses da categoria, incluindo questões judiciais, administrativas e em qualquer área na qual houvesse a manifestação de necessidade dos associados.

O primeiro presidente da entidade foi o industrial Antônio Jacob Renner, da empresa A.J. Renner S.A. – associada de registro número 1 do Sitergs. Passadas oito décadas, a entidade representa cerca de 600 indústrias que compõem o setor no Estado. Algumas delas se mantêm junto ao Sindicato desde a década de 40, como Fiateci, Paramount, e outras antigas associadas como Feltros Renner, Kurashiki, Fiação e Tecelagem Gaúcha, Fitesa e Malharia Pradense. Mais recentemente, integraram o quadro associativo Astro Tecnologia, Caimi Liaison, Cordoraria São Leopoldo, Eza, Inbrape, Malhas Daiane, Lanobrasil, Lupatech, Maxifibra, Maxitex, Medclean, Mcfil, Tecelagem Inducor e Vale Têxtil.

Com a missão de unir as empresas do setor têxtil do Rio Grande do Sul para, por meio do seu fortalecimento, melhor defender os seus interesses, o Sitergs oferece serviços como:

 

  • Assessoria Jurídica – Prestando serviços às empresas associadas na área de relações trabalhistas e acordos coletivos de trabalho.

  • Seus representantes atuam como interlocutores, junto à FIERGS, nos diversos departamentos: econômico, técnico, registro de produtos e eventos.

  • Participação em feiras e exposições do setor têxtil com o apoio do Sebrae RS

  • Tratativas junto aos governos estadual e federal, visando a uma melhor política tributária em prol do setor.

Atualmente, a sede do Sitergs está localizada dentro da estrutura da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS). O presidente da gestão 2021-2023, Ervino Renner, ressalta que as dificuldades enfrentadas em 80 anos de existência foram muitas e que “ter sobrevivido é uma grande conquista”. Ele ressalta que “as negociações coletivas seguem sendo um dos papéis fundamentais dos Sindicatos e com o Sitergs não é diferente”. Renner também afirma que a oferta de capacitações e de informações promovidas pela FIERGS são de grande importância para as entidades industriais, que conseguem repassar dados de qualidade aos associados.

Ao comemorar essas oito décadas de atuação do Sitergs, o presidente deixa um recado para os colegas industriais do setor têxtil. “A mensagem que eu deixo é de que não baixem a cabeça. Temos muita concorrência com Santa Catarina e Paraná, são os estados que dão mais benefícios para o segmento, se comparado com o RS, mas precisamos seguir na luta para nos mantermos por aqui. Assim, podemos dar a volta por cima, depois de tudo que enfrentamos durante a pandemia. Estamos juntos nesse desafio”, finaliza Renner.